15/06/2008

Os caminhantes, aventureiros, são sempre os primeiros a lá chegar

Há 200 anos, Luís Gomes e Carvalho, Eng.º, escreveu ao Rei de Portugal, que se encontrava no Brasil, comunicando que tinha conseguido manter aberta a Barra de Aveiro. O avanço do Molhe Norte, em mais 200 mts. está em preparação. Bem como o do Molhe Sul. Sim, Portugal vai ficar maior!
Este ano, o bicentenário da comemoração de tal feito, a abertura da Barra, teve fogo de artifício e tudo e mais alguma coisa. Neste fim-de-semana decorre a regata comemorativa dos 200 anos da abertura da Barra de Aveiro, organização conjunta da APA e do Clube de Vela da Costa Nova. Sim, eu sou uma tia babada!
Estas fotografias, chegaram pelas mãos de um tio - obrigada, Camilo -, também babado e o clique pertence ao Diogo Moreira.
Em época de santos populares, a marcha é lindaaa, a revista é lindaaa, a Barra é mesmo Linda! E o Farol? É mesmo o meu Farol, o meu ponto de referência.
Vá, regalem-se oh almas, com estas fotografias tiradas do Farol da Barra, durante o fogo de artifício. Principalmente a última que nos mostra as duas ruas principais da Barra. Os quilómetros que eu fazia! E quando ia da Barra para a Costa e depois regressava à Barra? Pensam que é pequenino? Pensam mal. Quilómetros, senhores, são quilómetros. Mas só agora é que percebo a Imensidão do que percorríamos, é que naquela altura, principalmente no verão, é tudo ali ao lado, num instantinho e num rápido-vá-lá, que o T. trouxe a viola. A pé e de bicicleta. Só muito depois é que apareceram as motoretas...



4 comentários:

Binha disse...

Aqui em casa já se acabaram os guardanapos, de tanta baba...

Didas disse...

Bolas, esqueci-me disto!

A Bruxa disse...

Sem dúvida, lindas as fotos!

Patricia Lousinha disse...

E com razão, Binha. Parabéns, também, aos tios babados! :)

Shame on you, didas. Shame on you!

São sim senhora, Mirian. O Diogo está de parabéns! :)