31/12/2010

Não largues esta mão no torvelhinho pois falta sempre pouco para chegar!

Mais um ano que termina e daqueles que marcam, oh como marcaram, mais um volume escrito na nossa história e de todos os que dela fazem parte, oh como fazes, com metas atingidas, outras nem por isso e outras tantas que almejamos começar a rabiscar.

Porque a nossa Vida é um livro que queremos eterno, que daqui a um ano de novo se leia: "mais um ano que finda e mais uma nova página, que apesar de estar em branco, traz a sabedoria de tudo aquilo que para trás foi escrito no livro que nos pertence!"

Uma página alva nesta nova década, uma caneta nova, um lápis bem afiado e, no fim, que a folha esteja completamente escrita. Uma vez mais.
Sinceramente? Um grande 2011!

Sem comentários: