23/01/2008

Coisas...

Fevereiro. O mês que menos dias tem. No campo da relatividade, claro, que bem sabemos o quão relativo tudo é.
Vinte e oito é a regra. Vinte e nove a excepção. Mas nem por isso deixa de ser um mês fantástico! Ah pois, nasci em Fevereiro e foi em Fevereiro do ano passado que a minha vida mudou. Supostamente para sempre, mas nós temos uma Fé imensa e acreditamos que nem tudo é para sempre. Principalmente aquilo que não é bom...
A 12 dias do meu aniversário, o trigésimo terceiro, sim eu tenho mesmo gosto nestas coisas, dos parabéns e dos festejos, provavelmente daqui a dez anos este gosto será diferente, ou talvez não quem sabe, bem, mas tempos houve em que tinha a fama e o proveito de aniversários ciganos que duravam mais de três dias. "Só é que", como diria a iminência Hörster de sua graça, acabei de perceber e tomar consciência o que é muito mais gravoso tal qual como quem toma um ben-u-ron 1000, que nunca tinha deambulado por aquele site fabuloso. O que permite saber qual o n. 1 on the day you were born.
Shame on me xôdona Patrícia. Shame on me! É música santinha, música!
Assim sendo e sendo assim, temos:
My Little Angel - William Shakespeare (AUS),
Fire - Ohio Players (US,)
January - Pilot (UK).
Ora bem, já que isto até é ao gosto do freguês, convenhamos que acabadinha de nascer não poderia contribuir para a "escolha", decido que o n.1 para mim é o My Little Angel. Só assim entendo e se poderá justificar, se é que estas coisas se justificam e entendem, a minha panca com a Austrália! Diz que até tenho ares de australiana. Se bem que a doutrina está dividida. Scottish não está fora de questão. E Sweden muito menos. Uma maçada, portanto! É que só temos uma leve costela espanhola. Olé!

2 comentários:

JM Coutinho Ribeiro disse...

Tenho-lhe inveja da idade. Ah, como gostava de voltar a ter essa...

couto ribas disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.