31/12/2007

Excelente Livro em 2008!

Porque é o ano bissexto que se segue ao último, 2004 portanto, porque continuo a pensar e desejar exactamente o que na altura grafei, aqui ficam as mesmas linhas. Que apesar de repetidas, são, indiscutivelmente, eternas e intemporais.
Com ou sem desejos específicos para uma das 12 uvas, das gordas e brancas se faz favor, com ou sem superstições adicionais, desejo um Excelente, Brilhante e Fantástico Ano de 2008!

"Nesta altura temos sempre um pouco mais de tempo e disposição para serenamente pensar no que nos rodeia. Naquilo que fizemos. No que somos.
Temos mais um ano que termina e, acreditem, como é bom pensar: mais um ano que eu passei.
Fazemos balanços, balancinhos e balancetes.
Mas acima de tudo temos projectos. Uns que não foram cumpridos, outros que só agora são idealizados e, que com toda a energia do Novo Ano finalmente queremos pôr em prática.
Eu acho que viramos mais uma página e é exactamente, como já alguém o disse, uma página nova a que nos espera. Branquinha, branquinha, para ser preenchida com a caneta nova, o lápis bem afiado e a borracha a estrear.
O que eu efectivamente desejo é que as letras e as linhas sejam quase sempre a direito e os borrões da caneta, ou o bico do lápis partido sejam pormenores (pequenos) sem a mínima importância.
Que daqui a um ano de novo se leia: mais um ano que finda e mais uma nova página, que apesar de estar em branco, traz a sabedoria de tudo aquilo que para trás foi escrito no livro que nos pertence.
Uma página alva, uma caneta nova, um lápis bem afiado e, no fim, que a página esteja completamente escrita.
São os meus sinceros votos!"

1 comentário:

JM Coutinho Ribeiro disse...

Bom Ano para si, com um abraço.