07/07/2004

Welcome back to the real world!

Quarenta e oito horas passadas...
O sonho lá foi...
Mas já consigo falar da desilusão que nestas últimas horas invadiu o meu semblante. Estilo: "eu quero lá saber que tenha corrido tudo bem!"
"Eu quero lá saber que Portugal tenha ficado em 2.º lugar!"
"Eu quero lá saber que a U.E.F.A tenha considerado este Euro como o melhor de todos!"
E muitas outras coisas que, por razões óbvias, me recuso a escrever, passaram pela minha cabeça e foram proferidas pela minha boca (que o digam os residentes do n.º 90 da Praceta 25 de Abril...).
Mas seja. As coisas são mesmo assim.
E não, não vou falar sobre as substituições que deviam ter sido feitas.
Não vou falar sobre a trenguice de um dos jogadores da selecção nacional... (a Clara fez uma piada bem engraçada sobre isso: "és mesmo Pauleta", que é o mesmo que dizer "és mesmo trengo"...).
E dizia eu que não ia falar sobre isso.
E não vou. Ponto (não, não me faltou o "r". É mesmo ponto, de ponto final!).
As coisas são mesmo assim. Não tinha que ser.
Além do mais 3 semanas de coisas boas e positivas já era em demasia. Sim, que isto de ser positivo, alegre e bem disposto não pode ser todos os dias! Oh que pensam? Não faltava mais nada!
Por isso, e para que ninguém fique mal habituado, aí estão "eles" em força:
- Os casos dramáticos do telejornal da TVI.
- O processo Casa Pia.
- O processo dos Açores.
- O drama do lugar do PM.
Welcome back to the real world...

2 comentários:

Patricia Lousinha disse...

Estava difícil...
Deve ser contágio dos acontecimentos recentes do País.
Mas, ao contrário "desses", aqui, a montanha não pariu um rato!

Pontes disse...

Ó Rapariga, não desanimes! Já passou (agora é mais fácil dizê-lo)... De qualquer modo foi bonito. E Viva Portugal.
Boa sorte com o Blog, do amigo ilhéu.