03/07/2004

E o relógio em contagem decrescente

É já amanhã a Final dos Sonhos.
Quer dizer, do Sonho do momento. Porque isto de sonhos é todos os dias. Estilo "o Natal é todos os dias...".
Mas este, é, sem dúvida, o do momento!
Por isso acho que vou continuar a pensar positivo; a ouvir a Nelly Furtado over&over; a pintar o mesmo lado da cara com o verde/amarelo/vermelho; a usar no mesmo pulso a bandeira e a ver na mesma televisão-de-todo-este-euro (pós Grécia!) o jogo de amanhã!
Supersticiosa? Moi même? Nã... Tenho é este hábito da rotina. Esta crendice. Principalmente depois do jogo com a Rússia!

2 comentários:

mpatriciaz disse...

pois... o sonho comandou a malta. Mas a malta voltou um pouco cabisbaixa. Contudo não derrotada. Porque o sonho é quando um Homem quer... ou será... pois... continuemos a sonhar, que é isso que nos distingue. pois...

Anónimo disse...

È pena que os portugueses não mostrem o mesmo entusiasmo pelas coisas da vida que mostram pelo futebol. É pena que não tenham um projecto comum para tirar este país do atraso que dizem ser de muitos anos em relação à Europa.
E não seria preciso- penso- trabalhar-se as horas que eles trabalham quando estão lá fora.Bastava que trabalhassem com mais responsabilidade. Bastava, penso ,que tivessem mais um bocadinho de auto estima e que não levassem para o trabalho as suas muitas frustrações pessoais...
Talvez ganhassem mais, talvez as dívidas fossem menos ....talvez sentissem a felicidade de se sentirem úteis.
Talvez...
Anónima que se deixa descobrir