11/11/2008

Quem tem um amigo com capa sempre escapa

Nasceu na Panónia cerca do ano 316, de pais pagãos. Depois de receber o Baptismo e de renunciar à carreira militar, fundou um mosteiro em Ligugé (França), onde levou vida monástica sob a direcção de S. Hilário. Foi depois ordenado sacerdote e, mais tarde, eleito bispo de Tours. Foi modelo insigne de bom pastor; fundou outros mosteiros, dedicou se à formação do clero e à evangelização dos pobres. Morreu no ano 397.
Eclesia.

Por toda a Europa os festejos em honra de São Martinho estão relacionados com cultos da terra, das previsões do ano agrícola, com festas e canções desejando abundância e, nos países vinícolas, do Sul da Europa, com o vinho novo e a água-pé. Daí os adágios "Pelo São Martinho vai à adega e prova o teu vinho" ou "Castanhas e vinho pelo São Martinho".
O Leme.

Querem saber mais? Googleiem, googleiem, que o Vosso googlear tem sempre graça.
Boas castanhas, jeropiga, água-pé.
Se bem que eu vou mais pelo belo do abafado, oh se vou. Pena não estarmos na terra dele!

2 comentários:

Manga dalpaka disse...

Bolas, nem me lembrei disso!

Patricia Lousinha disse...

Tsss, tsss, tsss. Shame on you! ;)