10/10/2008

No meu tempo era cara ou coroa

As coisas têm a importância que lhes queremos dar, é uma verdade absoluta. Um facto inegável. E só quando nos tocam, sim, esqueçam as frases batidas do "ah mas é próximo, ah mas é como se fosse do meu sangue", é que despertamos para o valor das mesmas.
A devassa da vida dos outros, do mundinho de cada um, sempre me deixaram incomodada. Não sou nenhuma santa e claro que ouço coscuvilhices e conheço pormenores sórdidos e casos dúbios, profissional e pessoalmente, que o mais das vezes preferia nem sequer imaginar quanto mais saber. Mas adiante, a vida é mesmo assim e não somos eremitas nem vivemos numa redoma e o mundo não é um ovo, é mesmo, acreditem, um T0.
Adiante, uma vez mais.
Isto tudo, porque acabou de cair para estes lados electrónicos as fotografias do momento. Sim, as fotografias de Carolina, a Salgado. E voltei a lembrar-me,m como se preciso fosse, que as coisas têm a importância que lhes queremos dar. Talvez por isso foram precisos todos estes dias para falar na notícia do momento, que preencheu linhas e linhas de imprensa, não só da cor-de-rosa!!!, e fez sonhar as mentes.
Quase todas. Mas principalmente as que se alimentam do alheio, da privacidade e intimidade dos outros. Quem quer que seja o outro.
Quem não quer ser lobo, não lhe veste a pele. É outro facto. Inegável. Talvez por isso, nestes últimos tempos, muitas gargalhadas e piadas de escárnio e maldizer, se tem ouvido para os lados do dragão.
Independentemente de tudo, tenha ou não sido propositada esta circulação de imagens, seja ou não uma forma de virar os holofotes para voltar a "brilhar" ou uma forma de descredibilizar qualquer tipo de depoimento, há sempre duas faces na mesma moeda, é mau. É mau saber que anda tudo desesperado, com pesquisas no google & afins, para ver se encontra the road to Eldorado. Espero é que todos tenham visto o filme. Pode ser que algum plim ecoe...

2 comentários:

fairwind disse...

Acho que é a primeira vez que vou fazer um comentário no teu blog q normalmente visito de tempos a tempos... Não te espantes de as visitas ao teu blog subir agora de forma exorbitante somente por teres escrito as palavras Carolina Salgado... um amigo meu fez a experiência de fazer um artigo sobre isso... agora todos os dias lá vai uma "palete ou resma" de pessoal à procura das ditas cujas, fotos que ainda por cima não são nada de especial...

Patricia Lousinha disse...

Oh fairwind, não deves ter reparado, mas nós por cá, não recorremos a essa coisa tipo quantos online, de onde vêm e para onde vão, que plataforma utilizam, ou quantas vezes escovam os dentes.
Quem quer lê, quem não quer não lê. Quem quer comenta, quem não quer não o faz. Quase sempre o que os leitores aqui do estaminé fazem, é mandar mail. O que, em abono da verdade, compreendo. Nos dias de hoje, não é propriamente muito cómodo, comentar um blog (tirando aqueles que pertencem a figuras públicas) que é tudo menos anónimo... If you know what i mean!
E sim, tens toda a razão no que escreves. A minha caixa foi bombardeada depois de ter escrito este post...
Folgo em saber que visitas o Imenso. Ainda que o faças de tempos a tempos.