09/10/2008

Como Tu as pintas e nós as vemos

As cores de hoje são verdes, a esperança, vermelhas, o amor e o desejo, brancas, a paz e azuis, a cor do céu e do pensamento.
Hoje é dia de arco-íris em relação a toda, ou quase toda, a opacidade do cristalino esquerdo, esse imbecil, da Mãe. É dia de dar cabo da sombra, daquela espessa, que impede a chegada dos raios luminosos à retina. É dia de luz!
Curiosamente ou nem por isso, sim que essa treta das coincidências já enfada, é também o Dia Mundial da Visão do Lions e dos Correios.
Só boas novas que se esperam na volta do correio, e não só, verdade?

4 comentários:

TCHI de Tchivinguiro disse...

Que seja, pois, um dia de confinar a obscuridade adensa, que autorize o advento radiante do astro-rei até à retina e para além dela.

Patricia Lousinha disse...

:)
Obrigada. Correu tudo bem.

filipe m. disse...

Folgo em sabê-lo. :)

Patricia Lousinha disse...

Obrigada Filipe. Foi difícil relembrar à Mãe quem tu eras. Mas a malta é persistente, e consegui! :)