18/05/2008

Para que conste

A Casa de Pasto Adega do Ribatejo, na histórica Rua Alexandre Herculano, é um restaurante que deve fazer parte de qualquer roteiro gastronómico & afins.
Uma pessoa já sabia, que já, é habitué, que é, mas tem mesmo gosto em confirmar estes saberes e estas certezas, pronto.
Os filetes de polvo, com arroz do mesmo, hoje, estavam ainda mais divinais. Como se possível fosse, mas que estavam, estavam!
A malta pede encarecidamente à gerência, encarecidamente não, mas pede um bocadinho-assim-para-bastante, que providencie em assegurar o stock de Evel, sim? E não P., eu não tenho mau feitio, só não gostamos deste tipo de rupturas.
Agradecida.
Com ou sem ele, o Evel, a escolha de hoje valeu bem a pena.
Parabéns ao Rui que fez anos!
E agora com licença, que estamos em alerta vermelho com a P. e a S. e só voltaremos à Adega daqui a umas valentes semanas.
Sim, que a troca da lua está mesmo aí a chegar.
Mas o verdadeiramente importante, é a companhia. Bem podia ser uma zurrapa de todo o tamanho, cerveja de quinta categoria ou água Sete Fontes.
Tenho dito.

2 comentários:

JM Coutinho Ribeiro disse...

A comida é boa - com nuances -, o estacionamento é péssimo, a gerente é simpática - mais do que os donos daquilo, que sabem pouco do assunto - e quando está bom tempo é bom poder fumar nas traseiras. Recomendável.

Patricia Lousinha disse...

Quando está bom tempo é bom ficar, almoçar ou jantar, nas traseiras!
E sim, o estacionamento é uma lástima!
Tem toda a razão, a simpatia da gerente, professora de profissão, anula qualquer coisa menos agradável.
:)