20/04/2008

Os bês da nossa vida

A língua tem esta vertente deliciosa. Se é bem verdade que uma imagem vale mais que mil palavras, também é verdade que tudo depende da imagem e tudo depende da palavra.
Mas a riqueza da língua, da nossa língua, é de facto incomensurável.
Apesar disso, ando com falta de vontade para rabiscar grandes linhas. Mas como a Vida é um eterno equilíbrio ando com sede de as ler. Uma sede que sempre tive, mas que agora é ainda maior.
Assim sendo e sendo assim, vou dedicar-me aos Bês da nossa Vida e a tudo aquilo que uma só palavra me diz. A importância que tem e como define e caracteriza os que me rodeiam. A minha vida e o meu dia-a-dia.
Tout court.

embaidor, adjectivo e substantivo masculino
enganador;
embusteiro;
sedutor;
impostor.
O real impostor.

5 comentários:

Binha disse...

"Tal qual as nódoas. Um segundo basta para serem eternas!"

Patricia Lousinha disse...

Oh Binha, queres falar?! ;)

m.camilo disse...

Porra! Tu escreves mesmo bem.....

Binha disse...

Quero! Quero dar-te os parabéns pelas várias conquistas do teu Boavista! Espero bem, que esta situação seja ultrapassada, porque se bem me quer parecer, se as coisas não correrem bem, não são só os jogadores que não recebem os ordenados, há lá mais gente a trabalhar, e desses ninguém fala!

Patricia Lousinha disse...

As tuas reticências, Camilo. Oh, Oh.

Claro que se fala, Binha e as conquistas...
Bem, as conquistas é que merecem A real da reticência.