24/03/2008

Ser. Com hora marcada

"...trabalho em casa. Estou a cuidar de uma pessoa acamada que é minha mãe nos dias úteis das 8.30 às 12.30 e das 13.30 às 17."
Não devia. Mas para a Isaura ser filha é um emprego. E tem horário estipulado. Curiosamente a Rosa, sempre foi e continua a ser, mãe a tempo inteiro. Ainda que acamada.

Numa semana em que se falou tanto de educação e do caso de agressão ocorrido na secundária Carolina Michaëlis, pergunto-me se efectivamente o problema não será das Isaura's. Parece-me que é.

2 comentários:

Marisa disse...

Ninguém disse de facto essa frase, certo? Espero sinceramente que seja apenas ficção...

Patricia Lousinha disse...

Escreveu Marisa. As vírgulas, essas incompreendidas, é que foram esquecidas. Daí o "diz que é uma espécie de português".